ASSOCIADOS
Jô Ramos


Jornalista, Pós Graduada em Sociologia Urbana, Licenciatura em Letras. Proprietária da ZL Comunicação que trabalha na área de Assessoria de Imprensa, Editoração, Produção Cinematográfica e Eventos. Editora-chefe da Revista Lapa Legal Rio.
Trabalha como assessora de imprensa para várias editoras no lançamento de livros nas áreas de biografia, história e arte. Criou o evento Funk Mund com artistas brasileiros, americanos e alemães. Criou e dirigiu a Oficina de poesia para jovens de comunidades no Rio de Janeiro. Dirigi e produz o evento/Blog "Tardes Poéticas". Criou e organizou o evento "Tardes Clássicas" nas Livrarias Argumento (RJ).



Autora do livro Violência Contra Mulheres. Dê um Basta!. Em 2013, lançará o livro RIO e Mulheres Traficadas.



Diretora dos documentários: Acervo do Museu - Casa de Rui Barbosa e Mulheres Benditas, ambos em fase de captação de recursos, aprovados pelo MINC (Ministério da Cultura).



Fundou o movimento Defesa da Mulher - pelo fim da violência contra mulheres - que atua em todo país e nas redes sociais. Palestrante em várias cidades brasileiras sobre violência contra mulheres e direitos humanos.


O livro Violência Contra Mulheres. Dê um Basta! é um grito, um desabafo sobre as estatísticas referentes aos assassinatos, de mulheres brasileiras, tão banalizados no país. Uma crítica direta às políticas públicas e ao tratamento que é dado a esses crimes pela imprensa, cultivados nas páginas policiais dos jornais, quando deveriam ocupar lugar de destaque em cadernos de comportamento, saúde e sociedade. A violência contra a mulher é uma violação aos direitos humanos e, como tal, merece ser tratada com mais visibilidade.

No livro, encontramos endereços de todas as Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher e Casas Abrigo existentes no Brasil, numa tentativa de facilitar o acesso às denuncias de violência. Encontramos, também, um passo a passo de como proceder no caso de agressão, depoimentos de mulheres, entrevista com uma especialista em direitos da mulher, serviços e leis que protegem a vítima e, é claro, a história da Lei Maria da Penha, que mudou o cenário legislativo nacional e representa um avanço no que se refere aos direitos humanos, em especial, na proteção dos direitos das mulheres, mas que não inibiu o aumento dos assassinatos, estupros e agressões no país.


joaramos.blogspot.com/


 
Associados
Proximos Eventos
Literarte © 2013
EtiServer