ASSOCIADOS
Carlo Montanari



CARLO MONTANARI, pseudônimo de Carlos Anselmo Parada, nascido em Passos - nas Minas Gerais foi lider estudantil pela União Passense dos Estudantes, em uma época em que a UNE havia sido fechada. Líder Sindical em defesa dos funcionários de FURNAS e da CEMIG. Fundador de revista literária e de cunho cultural como a PROTÓTIPO e a ARDEIA. Fundador da ADAP- ASSOCIAÇÃO DE DEFESA AMBIENTAL DE PASSOS E REGIÃO, tendo sido seu Presidente por dois mandatos. Contribuiu com a criação do CODEMA-CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO DO MEIO AMBIENTE da cidade de Passos, tendo sido o seu primeiro Presidente indicado pelo prefeito e reconduzido pelos membros a um segundo mandato. Escreveu crônicas e matérias ambientais por mais de vinte anos em jornais de Passos e de São Paulo. Radialista Estudantil e com programa independente pela Rádio Passo, na década de 70. Criou vários jornais de cunho ambiental, social e de defesa de classes como o JONAL DA ADAP, MOMENTO, JORNAL DO FAF e INTEGRAÇÃO. Foi Secretário de Imprensa por 17 anos do Sindicato dos Eletricitários de FURNAS. Carlo Montanari organizou uma das etapas do Festival de Música de FURNAS-CENTRAIS ELÉTRICAS S.A., realizou o Festival de Intérpretes Musicais de FURNAS (produção independente) que foi grande sucesso na década de 80. Foi Presidente da CIPA da Usina de FURNAS, tendo sido agraciado com placa especial durante a Semana de Prevenção de Acidentes -CIPAT. Trabalhou toda a sua vida profissional em FURNAS, onde começou como simples escriturário, depois desenhista e como Químico Industrial. Foi coordenador da equipe técnica que realizou a primeira desova artificial, com sucesso, em laboratório do salminus maxillosus- o dourado, peixe nobre brasileiro. Realizou importante trabalho de estudos Limnológicos dos reservatórios do Sistema FURNAS, em conjunto com Universidades como a UFMG, de São Carlos e Jaboticabal.
Hoje, aposentado, dedica-se a erguer o turismo da sua região no entorno da Serra da Canastra onde, com sua esposa também Escritora Deucélia Maciel, coordenam uma Pousada (www.pousadaparadadoslagos.com.br) e a contar seus "causos" em forma de pequenos contos, participando de Antologias de LITERARTE- onde é o associado número 1000 - e pela CBJE- Câmara Brasileira de Jovens Escritores.
Pelo seu trabalho já publicado recebeu convites para ser acadêmico em algumas Academias de Letras, o que recusou dizendo:" _ Minha contribuição ainda é tímida, apenas estou engatinhando na literatura!"
 
Associados
Proximos Eventos
Literarte © 2013
EtiServer