ASSOCIADOS
Dulce Couto


Dulce Helena Couto Alves nasceu na cidade de Bom Despacho em Minas Gerais no ano de 1962. Desde criança sempre se encantou em ler o mundo por meio dos livros e também pela observação e contato com a natureza.

Estudou Artes plásticas e Pedagogia, especializando-se em Arte Contemporânea e Arterapia. Ao longo de sua carreira como arte educadora publicou vários livros, nos quais apresenta metodologias sobre o ensino da arte e coleções de livros didáticos aplicados em escolas do Brasil pela editora Kroton.

Possui também uma extensa pesquisa de caráter visual, sobre a qual os espaços da memória é o tema recorrente em esculturas, objetos e instalações.

É conferencista em eventos sobre Arte, Educação e Cultura, desenvolvendo ou apresentando projetos de sua autoria em vários países como Alemanha, Suiça, Cuba, Peru, Chile e Portugal.

Desenvolve também na cidade de Belo horizonte, onde reside atualmente, projetos de caráter cultural e social para escolas, universidades e entidades governamentais e privadas.

Membro da Literate e embaixadora da Divine Academie de Artes, letras e
Cultura de Paris laureou três nomes da cultura mineira em evento ocorrido no dia 29 de
janeiro, no Palacete Julieta Serpa, no Rio de janeiro.

A embaixadora, representante da academia francesa em Minas Gerias, indicou o professor
Rômulo Marinho como exemplo de dedicação e inovação de práticas pedagógicas por
escolas de todo o Brasil. A ativista Marina Acúrcio, da editora veredas pela dedicação e
trabalho de incentivo a novos escritores e a escritora Dinorá Cançado, mineira residente em
Brasília, pelo incansável trabalho de incentivo a leitura para pessoas com deficiência visual.

O evento, de grande magnitude, foi espaço de encontro de grandes nomes da cultura
brasileira, como foi o caso do ator Milton Gonçalves, condecorado com a grande medalha
da República Francesa pela presidente da academia madame Diva Pavesi. Também estava
presente a figura marcante do compositor Martinho da Vila, vice-presidente da Divine
Academie.

A noite foi marcada não apenas pelas condecorações recebidas , mas por um delicioso jantar
a francesa e pelos discursos sensíveis e calorosos dos homenageados.

Segundo a presidente Diva Pavesi " Cada pedra preciosa tem a sua verdadeira

importância na construção desse templo das artes e cultura que é Divine Académie.
Cada pessoa participante foi um instrumento precioso nessa orquestra universa!"


 
Associados
Proximos Eventos
Literarte © 2013
EtiServer